"O passar do tempo é inexorável, e a lei da gravidade, incontestável. 
Que pena, por um lado, que bom por outro: a flacidez namora o equilíbrio da maturidade".




Já chovi muito.
Já escorri lágrima que deveria estar bem escondida, dentro do peito.
Tem hora que lágrima só atrapalha. Tem hora que o mal tempo de nada nos conforta.
Só nos prende em casa, nos faz ver da janela o dia cinzento passar.

...e chove,
e chovendo vai a chuva, molhando.

 

Impaciente


Eu sou meio impaciente.
Vejo o telefone dando sopa e logo disco, redisco, desisto e fico prostrada na frente dele.
“Por que não liga?” - me pergunto já torta de tanto discar e desistir.
O amor deveria ser logo. Para o amor não deveria ter grande espera.

Nota: Há, e o amor também não deveria causar úlceras.