Resenha : Não se desespere!, de Mario Sergio Cortella


Livro: Não se desespere!
 Autor (a): Mario Sergio Cortella
Editora: Vozes / Gênero: Crônicas / Filosofia
Páginas: 140 / Ano: 2013
Skoob

     Olá pessoas! Tudo bem com vocês? Muito feliz de trazer para vocês hoje a resenha do livro Não se desespere!, do Mario Sergio Cortella, um cara que eu admiro demais e que sempre que posso estou lendo alguma coisa dele. Publicado pela Editora Vozes, essa edição está linda, adorei a capa e as páginas são amareladas com letras ótimas de serem lidas.





     Começo dizendo que: se você nunca leu nada do Cortella, por favor, leia! rsrs... leia porque ele é genial, leia para adquirir cultura, para ver sua vida transformada por palavras. Os livros do Cortella são o tipo de livro que se você gosta de grifar trechos, vai querer grifar o livro todo. Eu simplesmente amo o que ele escreve, e ele também dá umas palestras maravilhosas sobre educação, filosofia, sobre a vida. Já tive oportunidade de assisti-las pessoalmente e ele te deixa de queixo caído. Você só quer ficar lá ouvindo e ouvindo tudo de bom que ele tem pra falar. Na internet você pode encontrar várias delas também. 

Muitos imaginam que a paz seria a ausência de qualquer tipo de pressão, e não é. A paz é justamente a condição de impedirmos qualquer forma de segregação ou de apequenamento da vida e também da nossa condição de felicidade". 


     O livro Não se desespere! já começa a te conquistar com o Prefácio. Escrito pelo próprio filho do Cortella, mostra de forma genuína e pura um pouco do que é o relacionamento dos dois. E a admiração na fala do filho nos mostra o quanto Cortella é uma pessoa que pratica o que fala. O quanto preza pela aproximação dos filhos, o quanto preza o estar presente.

    Com 31 crônicas que tendem mais para reflexões filosóficas, Cortella vai nos presentear com dizeres sobre ética, política, felicidade, religião, sobre como estamos educando nossas crianças, sobre estar no piloto automático, dentre outros temas, com provocações sutis, que nos fazem pensar sobre nosso quotidiano e de como existimos enquanto seres humanos. É uma delícia ler seus escritos porque a todo momento ele faz citações pertinentes ao tema escolhido, e desbravar esse universo de conhecimento enquanto fazemos a leitura é uma viagem sem volta para o conhecimento. Costumo dizer que quando termino um de seus livros me sinto um pouquinho mais inteligente e com uma visão de mundo maior... rsrs, porque é essa bagagem maravilhosa de conhecimento que os livros dele nos traz. Quando o leio, me lembro de outro autor que gosto muito, Rubem Alves. Pessoas que escrevem para fazer pensar. Não escrevem apenas por escrever. Eles querem motivar o leitor, querem provocar o leitor e atiçam nossa curiosidade. O tipo de livro que fala nas entrelinhas. Recomendo demais a leitura dos livros de Cortella, principalmente para educadores.


Cautela com gente que não tem dúvidas! Gente assim não inova, não avança, não cria; só repete e redunda. 

     
Vou deixar agora vídeos sobre ele que gosto muito. Ele tem muitos outros na Internet, procurem e se deliciem ao ouvir essa ser iluminado falar. Tenho certeza de que você também vai se apaixonar pela visão de mundo que ele tem. Pela integridade em tudo o que fala, pela propriedade. 









Sinopse:
Não se desespere nos convida a ir em busca do bem-viver. Acolher instantes deliberados de paz interior e sentir a prazerosa sensação mental, ainda que provisória, da aparente suspensão do fluir do tempo, permitindo um distanciamento das aflições cotidianas e uma recusa momentânea às perturbações que o existir nos oferta. Afinal, a humanidade acumulou conhecimentos e experiências ao longo de milênios, que a Ciência, a Filosofia, a Arte e a Religião expressam em forma de orientações para o nosso viver diário e de respostas às indagações centrais de nossa existência. Essas fontes nos sugerem como atitude sábia a recomendação: Não se desespere!

1 comentários:

:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk